Sistema de Informações de Crédito do Banco Central

 

O que é o SCR?

O Sistema de Informações de Crédito do Banco Central do Brasil - SCR é um instrumento de registro e consulta de informações sobre as operações e títulos com características de crédito e respectivas garantias contratados por pessoas físicas e jurídicas perante instituições financeiras no Brasil. Atualmente, são armazenadas no banco de dados do SCR as operações dos clientes com responsabilidade total, igual ou superior a R$ 200,00, a vencer e vencidas, e os valores referentes às fianças e aos avais prestados pelas instituições financeiras a seus clientes.

O SCR é alimentado mensalmente pelas instituições financeiras, mediante coleta de informações sobre as operações concedidas, com base no saldo existente no última dia do mês de referência, conforme critérios e metodologia do Banco Central do Brasil, havendo, portanto, lapso temporal entre a remessa dos dados, seu processamento pelo Banco Central do Brasil e sua disponibilização no SCR para consulta.

Que dados são registrados no SCR?

São registradas no SCR as seguintes operações:

  • Empréstimos e financiamentos;
  • Adiantamentos;
  • Operações de arrendamento mercantil;
  • Coobrigações e garantias prestadas;
  • Compromissos de crédito não canceláveis;
  • Operações baixadas como prejuízo e créditos contratados com recursos a liberar;
  • Demais operações que impliquem risco de crédito

Qual a finalidade do SCR?

  • Permitir aos clientes das Instituições Financeiras o acompanhamento das informações de suas operações de crédito que estão sujeitas ao registro no SCR, trazendo maior transparência sem desrespeitar o sigilo bancário;

  • Permitir ao Banco Central do Brasil obter informações mais precisas e sistemáticas para a supervisão das operações de crédito praticadas pelas Instituições Financeiras autorizadas, com o propósito de oferecer maior credibilidade e segurança ao público usuário de serviços e produtos destas instituições;

  • Permitir às Instituições Financeiras uma melhor avaliação da capacidade de pagamento dos seus clientes, mantendo mecanismos que possibilitem decisões de crédito com maior segurança e precisão, além da possibilidade de praticar taxas de juros adequadas ao perfil de crédito dos seus clientes através de uma análise individualizada. As Instituições Financeiras somente poderão consultar as informações mediante a prévia autorização do cliente. 

Quem pode consultar as informações armazenadas?

O SCR pode ser consultado pelos próprios clientes, pelo Banco Central do Brasil e pelas instituições financeiras, desde que tenham autorização prévia e específica dos clientes.

Como o Cliente pode consultar as informações do SCR?

A forma mais fácil de acessar o SCR é por meio do Registrato – Extrato do Registro de Informações no Banco Central. O Registrato é um sistema que fornece para o cidadão informações disponíveis em cadastros administrados pelo Banco Central do Brasil.

Alternativamente, o relatório do SCR pode também ser fornecido pelas Centrais de Atendimento ao Público do Banco Central, pessoalmente, ou por correspondência, conforme orientações disponíveis na página na internet deste órgão: www.bcb.gov.br, em “Perfis > Cidadão > Cadastros, sistemas e certidão negativa > Formulários e orientações para acesso aos relatórios individuais no Banco Central".

Qual o procedimento necessário para correção, exclusão, registro de medidas judiciais e a manifestação de discordância relativa às suas informações no SCR?

As informações remetidas para fins de registro no SCR são de exclusiva responsabilidade das instituições financeiras, inclusive no que diz respeito às inclusões, às correções, às exclusões, às marcações sub judice e ao registro de medidas judiciais e de manifestações de discordância apresentadas pelos contratantes. Assim, somente a instituição responsável pela inclusão da informação no SCR pode alterá-la ou excluí-la.

Se o cliente identificar divergências nas suas informações divulgadas no SCR, deverá, em primeiro lugar, solicitar a retificação dos dados junto à instituição responsável pela informação.

Os clientes do Banco Safra poderão utilizar a Central de Atendimento Safra, para realizar seus pedidos de forma fundamentada. Caso não haja entendimento entre as partes, o Cliente poderá registrar uma reclamação na Central de Atendimento ao Público do Banco Central do Brasil.

O cliente poderá, ainda, caso não esteja satisfeito com as providências acima mencionadas, buscar em juízo a correção de eventuais divergências em seus dados, por meio de ação judicial.