Esse é um tipo de investimento em que os rendimentos não são previsíveis e, portanto variam conforme o andamento do mercado. Diferentemente da Renda fixa, não é possível saber quanto você receberá de retorno no momento da contratação. Abaixo, conheça os principais ativos disponíveis para investir em renda variável, as vantagens desse tipo de investimento e formas de realizar uma aplicação.

Investimentos disponíveis 
Se você pretende investir em renda variável, é possível encontrar no mercado uma série de ativosà venda, cada um com as suas características e rentabilidade definidas de formas diferentes. Conheça cada um dos exemplos de investimento em renda variável:

Ações
Uma das aplicações mais tradicionais do mercado, as ações são um percentual do capital social de uma empresa. Quando você compra ações, você se torna sócio da empresa e tem participação no crescimento e lucros da companhia.

Os principais tipos de ações são:

  • Ações ordinárias: nesse caso, é garantido o direito a voto e à participação nas decisões da companhia. Tudo depende da quantidade de ações ordinárias que um investidor possui;
  • Ações preferenciais: essas ações dão preferência ao recebimento de valores como os lucros;

Câmbio 
Nessa modalidade existe a possibilidade de aplicar recursos em moedas como o dólar e o euro. Por causa da alta volatilidade e oscilação da moeda, seus riscos acabam sendo maiores. 

Derivativos
Derivativos são produtos financeiros que dependem total ou parcialmente de moedas, juros, taxas de juros e índices de mercado. Ou seja, possuem preços que são negociados sempre para uma data futura. 

Fundos imobiliários
O FII (Fundo de Investimento Imobiliário) é negociado na Bolsa e seus recursos são aplicados em imóveis como galpões, shoppings e edifícios comerciais ou em títulos financeiros como Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs).

Exchange Traded Funds (ETF)
Os ETFs são fundos de índice que refletem em determinados índices e tem negociações feitas na bolsa de valores. Ele permite acessar mercados amplos sem precisar comprar cada papel separadamente, sendo positivo para diversificar as aplicações. 

Commodities
As commodities são produtos que funcionam como matéria-prima e são produzidos em escala global, como café, ouro e ferro. Seu preço varia conforme o mercado e a relação de oferta e demanda. 

Tributação
É preciso declarar todos os investimentos em renda variável em seu Imposto de Renda. Assim, o Imposto sobre Operação Financeira (IOF) e o Imposto de Renda (IR)SÃO  cobrados apenas sobre o rendimento, e não sobre o capital investido. 

Além disso, o Imposto de Renda tem isenção sobre os lucros em vendas que cheguem até R$ 20 mil em um mesmo mês. Se exceder esse valor, a tributação é de 15% sobre os ganhos.

Principais taxas
Também existem algumas taxas que podem ser cobradas dependendo da instituição financeira. São elas:

  • Taxa de administração: é cobrada pelo serviço administrativo realizado durante o seu investimento;
  • Taxa de custódia: cobrada mensalmente para armazenamento dos títulos e ações;
  • Taxa de corretagem: cobrada em cada negociação feita de compra e venda dos ativos,
  • Taxa de carregamento: valor cobrado em cada depósito realizado para cobrir despesas de administração e corretagem.

Operação Day trade
O objetivo de quem faz investimentos de renda variável, como o Day trade, é obter lucro com a oscilação que acontece entre o ativo financeiro na abertura e fechamento do mercado em um único dia. 

Para realizar esse tipo de investimento, é necessário realizar uma análise técnica para entender o potencial e possíveis cenários que possam acontecer durante o tempo de aplicação.

A alíquota nesse caso é de 20% sobre os lucros, independentemente do volume, de acordo com a tabela de Imposto de Renda:

Operações comuns inferiores a R$ 20 mil - isenção

Operações comuns superiores a R$ 20 mil - 15%

Day Trade - 20%

Vantagens da renda variável
Esse é um mercado que oferece vários produtos para compor a sua carteira de investimentos com possibilidade de ganhos ilimitados. Contudo, é importante destacar que é voltado a investidores que têm mais tolerância a situações de risco. 

Com a renda variável os resultados podem vir a médio e longo prazo, e é uma aplicação muito flexível devido à sua liquidez. Além disso, todas as operações podem ser realizadas on-line. Abaixo, confira algumas vantagens:

  • Rentabilidade: por sua alta oscilação e por ser uma opção mais arriscada, acaba tendo altos investimentos e ganhos;
  • Participação em grandes empresas: ao investir em ações, é possível se tornar um acionista de uma grande companhia;
  • Facilidade: com a renda variável você pode comprar e vender ações sem precisar esperar o prazo de vencimento dos investimentos,
  • Variedade: é possível aplicar em várias opções, como moedas, criptomoedas e índices.

Diferenças entre renda variável e renda fixa 
Entender os conceitos de renda fixa e variável é importante para saber qual se encaixa mais no seu perfil, objetivos e o nível de exposição a riscos. 

  • Renda fixa: a rentabilidade é definida em três categorias de subdivisão, que são prefixados, pós-fixados e mistos,
  • Renda variável: neste caso, não é possível saber de forma antecipada qual será o rendimento com os ativos e em todos tem seus títulos negociados em bolsa de valores. 

Conte com o Safra para investir em renda variável
O Safra te proporciona todo o suporte para que você consiga investir em renda variável com o apoio da nossa equipe de especialistas em investimento que vão te atender de uma maneira personalizada. 

Com 175 anos de histórias, temos a credibilidade e segurança que você precisa. Ainda não é cliente Safra? Abra a sua conta e aproveite nossas vantagens e soluções para desenvolver o seu patrimônio de acordo com o seu perfil para investir em renda variável e suas modalidades.