O Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) apresentou bons resultados na divisão de multivarejo durante o 4º trimestre de 2020, evidenciando uma sólida execução. O Safra acredita que, somado aos resultados do Assaí já divulgados, os números das redes de mercados do grupo ajudarão a sustentar os preços das ações.

O principal destaque do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) foi a melhoria consistente com a série de iniciativas para reformular a bandeira Pão de Açúcar e aprimorar a proposta de valor do hipermercado Extra. Com isso, o grupo superou a projeção de faturamento de R$1 bilhão para o ano (incluindo o Assaí).

acoes grupo pao de acucar pcar3.jpg

A empresa apresentou uma alavancagem operacional positiva, com uma melhora significativa nas margens. Outro destaque do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) foi o crescimento contínuo do varejo online, atingindo vendas totais de R$1,1 bilhão em 2020, um aumento de três vezes em relação ao ano anterior. As operações da Éxito também apresentaram melhora gradual nas lojas.

O que esperar para as ações PCAR3 em 2021?

O Safra reitera que a ação PCAR3 é a preferida para investir no varejo alimentar brasileiro. Olhando para o futuro, estaremos prestando muita atenção à avaliação das operações do multivarejo, pois pode haver um descasamento quando PCAR3 começar a ser negociada separadamente a ASAI3, no dia 1º de março.

O Safra espera que o multivarejo continue melhorando à medida que o GPA estende o modelo de sétima geração a mais lojas Pão de Açucar e se beneficia da maturação das conversões para Mercado Extra, bem como simplifica a nova proposta de valor dos hipermercados, com foco em:

  • preços mais competitivos nas categorias de consumo de massa;
  • melhor atendimento ao cliente em produtos perecíveis;
  • revisão da carteira especializada em eletrodomésticos.

Assaí passa a ser negociado em Bolsa

Antes, o Assaí relatou seus primeiros resultados independentes, que vieram em linha com a previsão do Safra. No 4º trimestre, a empresa buscou uma estratégia diferente em relação ao concorrente Atacadão, com foco na melhoria do nível de serviço em vez de seguir com uma política de preços mais agressiva.

Outro destaque importante é que a administração reafirmou o plano de acelerar a sua expansão. Em 2020, o Assaí inaugurou 19 novas lojas, e a meta é intensificar o ritmo de abertura de lojas e inaugurar 28 novas lojas em
2021.

Vale a pena investir nas ações PCAR3?

  1. Cenário de recuperação macroeconômica e juros baixos é positivo;
  2. Valuation segue atrativo;
  3. Crescimento contínuo da divisão de atacarejo;
  4. Renovação das operações de varejo, gerando retornos crescentes;
  5. Perspectivas operacionais positivas e potencial entrada de ativos maduros.

Quais os principais riscos de PCAR3?

  1. Mercado multivarejo muito competitivo;
  2. Desaceleração da economia global;
  3. Interrupção da agenda de reformas no Brasil e aumento da taxa de juros;
  4. Queda acentuada no preço de commodities e subsequente deflação de alimentos;
  5. Competição irracional levando a uma erosão de margens e retornos menores;
  6. Governança corporativa.

Sobre o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

Fundado em 1948, em São Paulo, o GPA, empresa varejista do Grupo Casino, está presente em todas as regiões do Brasil. É dona de várias das principais marcas do setor no Brasil, com um portfóilio que inclui negócios como Pão de Açúcar, Extra, Compre Bem e Assaí.

Saiba mais:
> Análise de empresas: Veja 5 conceitos para entender um balanço trimestral
> Primeiros Passos: Aprenda o que esperar da renda variável
> Apenas comprado ou também vendido? Conheça os tipos de fundos que investem em ações

Trata-se do maior grupo de varejo alimentar na América do Sul, com um portfólio diversificado de bandeiras e marcas líderes no Brasil, Colômbia, Argentina e Uruguai. O GPA teve aprovação para o processo de spin-off da operação de cash & carry, que permitiu ao Assaí se tornar independente, potencializando o crescimento em seus mercados de atuação.

IMPORTANT GENERAL DISCLOSURES Este relatório tem caráter meramente informativo e não constitui oferta de compra ou de venda de títulos ou valores mobiliários ou de instrumentos financeiros de quaisquer espécies ou de participação em qualquer estratégia de negociação. As informações expressas neste documento são obtidas de fontes públicas disponíveis até a data da sua elaboração pela equipe de Análises Gráficas da Safra Corretora, e são consideradas seguras. A Safra Corretora ou qualquer de suas afiliadas não garante, expressa ou implicitamente, a completude, confiabilidade ou exatidão de tais informações, nem este relatório pretende ser uma base de dados e informações completa ou resumida sobre os títulos ou valores mobiliários, instrumentos financeiros, mercados ou produtos aqui referidos. A Safra Corretora não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório, tampouco de comunicar o leitor deste relatório, salvo quando deixar de cobrir qualquer das empresas analisadas neste relatório. As opiniões, estimativas, informações e projeções aqui expressas constituem a opinião do analista no momento em que emitiu o presente relatório e podem ser alteradas sem qualquer aviso. Preços e disponibilidade dos instrumentos financeiros são apenas indicativos e estão sujeitos a alterações, independentemente de qualquer aviso. Os instrumentos discutidos nesse relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não considera objetivos de investimento, situação financeira e patrimonial ou interesses particulares de qualquer investidor. Os investidores devem obter ou realizar análise independente, considerando sua situação financeira e seus objetivos de investimento, antes de tomar uma decisão de investimento. Investimentos em títulos e valores mobiliários envolvem riscos, razão pela qual não há garantia de rentabilidade ou lucratividade de qualquer espécie. Os resultados obtidos com investimento em instrumentos financeiros podem variar e seu preço ou valor, direta ou indiretamente, pode subir ou descer. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros. A Safra Corretora ou qualquer empresa do Grupo Safra não pode ser responsabilizada por danos diretos, indiretos, consequentes, reivindicações, custos, perdas ou despesas decorrentes da decisão de investimento em títulos e valores mobiliários, esteja esta decisão lastreada ou não nas recomendações expressas neste relatório. Os riscos em investimentos dessa natureza podem implicar, conforme o caso, na perda integral do capital investido ou, ainda, na necessidade de aporte suplementar de recursos. Nenhuma parte deste documento poderá ser reproduzida, distribuída ou copiada, no todo ou em parte, para qualquer finalidade, sem o prévio consentimento por escrito da Safra Corretora. Informações adicionais relativas às companhias ora analisadas neste relatório poderão ser prestadas mediante solicitação. ANALYST O(s) analista(s) responsável(is) pela elaboração do presente relatório declara(m) que as opiniões aqui expressas refletem única e exclusivamente seu ponto de vista e opiniões pessoais, e foi produzido de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Safra Corretora. A opinião do analista, por ser pessoal, pode diferir da opinião constante dos relatórios eventualmente emitidos por outros analistas, pela Safra Corretora e/ou por suas afiliadas e subsidiárias. A remuneração do analista de valores mobiliários é baseada na receita total da Safra Corretora, sendo parte desta proveniente das atividades relacionadas ao banco de investimento. Desta forma, como todos os colaboradores da Safra Corretora, suas subsidiárias e afiliadas, a remuneração dos analistas é impactada pela rentabilidade global e pode estar indiretamente relacionada a este relatório. No entanto, o(s) analista(s) responsável(is) por este relatório declara(m) que nenhuma parte de sua remuneração esteve, está ou estará direta ou indiretamente relacionada a qualquer recomendação ou opinião específica contida aqui ou vinculada à precificação de quaisquer dos ativos aqui discutidos. IMPORTANT INFOMATION ABOUT SAFRA A Safra Corretora, suas controladas, seus controladores ou sociedades sob controle comum declaram que: Têm interesses financeiros e/ou comerciais relevantes e/ou recebe remuneração por serviços prestados às empresas ou fundos: AES Tietê; Alupar Investimentos S.A; Azul; B2W Digital; B3; Banco BTG Pactual; Banco Pan; BR Distribuidora; BR Malls; Braskem; CBD; CCR; Cemig; Cesp; Cielo; Copasa; Copel; Cosan; CPFL Energia S.A; CSN; CTEEP; Cyrela; Cyrela Commercial Properties S.A.; Direcional; Duratex; Ecorodovias; Eletrobras; Embraer; Energias do Brasil; Energisa; Engie Brasil; Equatorial; Estácio; Even; Eztec; Fleury; Fras-le; Gerdau; Gerdau Metalúrgica; Gol; Helbor; Hypermarcas; Iguatemi; Itaú; Itaúsa; JSL; Kroton; Light; Linx; Localiza; Locamerica; Lojas Americanas; Lojas Renner; Mahle Metal Leve; Marcopolo; Mills; Movida; MRV; Petrobrás; Porto Seguro; Raia; Randon; Rumo; Sabesp; Santos Brasil; Ser Educacional; Sul America; TAESA; Tecnisa; Tegma; Telefônica; Tenda; Tim; Tupy; Ultrapar; Usiminas; Vale; Via Varejo; Weg. Companhia de Gás de Minas Gerais – GASMIG; Kazzas Incorporações e Construções S.A; Klabin S.A, Hemisfério Sul Investimentos S.A.; JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento Imobiliário; Quasar FIP-IE; Pátria Edifícios Corporativos Fundo de Investimento Imobiliário – FII; Perfin Apollo Energia Fundo De Investimento em Participações em Infraestrutura – FIP; Raízen Energia S.A.; Notre Dame Intermédica Participações S.A; Companhia de Locação das Américas S.A; Marfrig Global Foods S.A.; Marisa Lojas S.A.