No início desta semana realizamos uma videoconferência com a Plano & Plano, representada por seu fundador e Presidente - Rodrigo Luna, seu Diretor CFO & RI - João Hopp e o Diretor de RI da empresa - Eduardo Cerri.

A diretoria da empresa fez uma breve apresentação divulgando detalhes sobre o desempenho operacional da P&P, suas
estratégias para superar o ambiente desafiador para as construtoras, entre outros assuntos.

Saiba mais:
> Conheça aqui os serviços exclusivos da Safra Corretora
Acompanhe as análises do Safra em nosso canal no Telegram

Detalhamos alguns dos destaques da reunião abaixo. A Plano & Plano acompanha de perto seu orçamento de construção, fazendo revisões mensais detalhadas para superar a ameaça inflacionária.

Enquanto isso, a empresa disse que sua inflação interna de construção entre janeiro e março de 2022 ficou em 0,95%
vs. 1,97% para o índice INCC, enquanto aumentou em ~3,2% no trimestre seus preços médios de venda por m². Ambas as mudanças combinadas devem contribuir para sustentar as margens saudáveis da empresa no futuro.

Quanto à sua atual margem bruta, substancialmente superior à dos seus principais pares, os executivos disseram que é resultado da atividade comercial da empresa nos últimos 2 anos que está sendo reconhecida pelo método POC, e seu desempenho superior pode ser atribuído ao método construtivo da empresa (paredes de concreto), menos expostos aos preços do aço, e à parceria com fornecedores.

Em relação ao novo mix de vendas da empresa, os executivos disseram que a PLPL está tentando concentrar seus novos lançamentos nas camadas mais altas do programa CVA e unidades de média renda financiadas pelo sistema SBPE.

Eles esperam que a divisão SPPACE (apartamentos com ingressos mais altos no programa CVA mais unidades de
renda média) responda por ~15% das vendas totais da empresa em 2022, chegando a 35-40% no futuro próximo.

Não obstante, reiteraram sua visão positiva para as camadas inferiores do programa CVA, impulsionadas pelo crescente déficit habitacional e demanda reprimida, embora acreditem que a recuperação do segmento dependa de mudanças nos termos atuais do programa CVA, que acreditam ocorrer no médio prazo tendo em vista que sua deterioração trouxe preocupações para todas as partes envolvidas (governo, entidades setoriais, empresas e consumidores).

Caso novas revisões sejam aprovadas, restabelecendo a rentabilidade para as faixas inferiores do programa, os executivos disseram que o PLPL estaria pronto com o landbank necessário para aumentar o ritmo de lançamentos no segmento.

A administração da empresa também revelou algumas de suas expectativas internas para 2022, incluindo: (i) Aumento de mais de 10% A/A em lançamentos e crescimento ainda maior nas vendas; (ii) Concentração de lançamentos do ano nos primeiros 9 meses de 2022, para mitigar os impactos da próxima eleição, e (iii) A expectativa de maiores margens brutas para a empresa daqui para frente, reflexo de seu novo mix de vendas e aumentos de preços.

PLPL3 no 1T22

O resultado do 1T22 da Plano & Plano (PLPL3) foi neutro, sendo marcado por um bom desempenho de vendas no atual cenário desafiador para as construtoras de baixa renda, mas ofuscado por resultados financeiros mais fracos.

Na frente operacional, a Plano & Plano's lançou três empreendimentos no 1T22, representando R$268 milhões em VGV (+161% A/A). Enquanto isso, as vendas líquidas totalizaram R$ 372 milhões (+11% A/A e +22% T/t), um novo recorde da empresa.

Saiba mais:
> Conheça aqui os serviços exclusivos da Safra Corretora
Acompanhe as análises do Safra em nosso canal no Telegram

Assim, o índice SoS (velocidade de vendas) dos últimos 12 meses da Plano & Plano atingiu fortes 41,2%, alta de 240bps A/A e 200bps T/t.

A receita líquida da empresa atingiu R$ 316 milhões (+1,3% A/A e +6% T/T). No entanto, seu lucro bruto ajustado foi de R$93,4 milhões (-17,8% A/A e -0,3% T/T).

Como resultado do aumento observado nos preços das matérias-primas, as margens brutas de P&P caíram consideravelmente nos últimos trimestres, embora ainda permanecessem em um nível saudável de 30% no 1T22 (-6,8p.p. A/A e -1,9p.p. T/T).

A empresa divulgou que vem repassando gradativamente a inflação para os preços, o que deve amenizar parcialmente a pressão de margem daqui para frente, além de permitir que a empresa mantenha sua boa velocidade de vendas.

Enquanto isso, o índice de SG&A sobre receita líquida ficou em 18,6% no 1T22, +250bps A/A, mas apenas 10bps T/T. Apesar disso, a margem EBITDA ajustada da Plano & Plano caiu 930bps A/A e 190bps T/T, para 12,8%. Isso levou a um adj. Redução do EBITDA de 41% A/A, para R$ 40 milhões.

PLPL3 no 4º tri

Plano & Plano apresentou resultados levemente negativos no 4T21. O sólido desempenho operacional no trimestre, marcado por uma robusta atividade de lançamentos e fortes números de vendas, não se traduziu em seu resultado financeiro.

O ambiente inflacionário mais pesado continua afetando o desempenho financeiro da empresa, que foi parcialmente compensado pelo aumento dos preços de venda. Em poucas palavras, os lançamentos totais da Plano & Plano atingiram R$ 565 milhões, o que representou uma expansão de 28,4% T/t e 7,0% A/A. Enquanto isso, as vendas contratadas líquidas cresceram 7,1% A/A, totalizando R$305 milhões.

Assim, as vendas contratadas líquidas da PLPL nos últimos 12 meses atingiram R$ 1,3 bilhão (+51,8%), o maior valor da história da empresa. Por fim, o índice de velocidade de vendas (SoS) da Plano & Plano atingiu resilientes 39,2% no LTM (+650 bps A/a), refletindo os ajustes implementados em toda a divisão de vendas da empresa ao longo de 2021.

No geral, seguindo o sólido desempenho operacional, a receita líquida da Plano & Plano atingiu R$298 milhões, crescendo 8,4% A/A, mas ainda contraindo 9% T/t.

Vale a pena investir em PLPL3?

  1. Valuation descontado;
  2. Longo histórico de empreendimentos lucrativos no segmento de baixa renda;
  3. Foco no estado de São Paulo, a economia mais dinâmica do país;
  4. Marca forte e altos padrões de governança corporativa.

Quais os riscos ao investir em PLPL3?

  1. Saques inesperados do FGTS, única fonte de financiamento do programa Casa Verde e Amarela;
  2. Inflação da construção;
  3. Aumento ou manutenção de taxas de desemprego elevadas;
  4. Redução da liquidez das ações.

Sobre a Plano & Plano (PLPL3) 

Fundada em 1997, a Plano & Plano é atualmente uma das maiores incorporadoras que atuam no segmento de baixa renda no Brasil, apresentando um histórico de rentabilidade impressionante, já que entregou um ROE médio de 105% nos últimos 3 anos.

Além disso, a operação da Plano & Plano está totalmente integrada, sendo a empresa responsável por todas as etapas dos seus projetos desde a sua concepção e desenvolvimento, bem como pela sua construção – com o auxílio da sua equipe de engenharia – e venda, através da sua corretora “Plano & Vendas”.

A Plano & Plano concentra sua atuação na região metropolitana de São Paulo, entregando empreendimentos nas faixas 1,5, 2 e 3 do programa habitacional federal “Casa Verde e Amarela”, voltado para famílias com renda de R$ 1.800 a R$ 7.000, com tíquete médio por unidade de até R$ 240 mil.

Listada na B3, a Plano & Plano tem suas ações negociadas sob o ticker PLPL3. 

Ações Plano & Plano (PLPL3)

IMPORTANT GENERAL DISCLOSURES Este relatório tem caráter meramente informativo e não constitui oferta de compra ou de venda de títulos ou valores mobiliários ou de instrumentos financeiros de quaisquer espécies ou de participação em qualquer estratégia de negociação. As informações expressas neste documento são obtidas de fontes públicas disponíveis até a data da sua elaboração pela equipe de Análises Gráficas da Safra Corretora, e são consideradas seguras. A Safra Corretora ou qualquer de suas afiliadas não garante, expressa ou implicitamente, a completude, confiabilidade ou exatidão de tais informações, nem este relatório pretende ser uma base de dados e informações completa ou resumida sobre os títulos ou valores mobiliários, instrumentos financeiros, mercados ou produtos aqui referidos. A Safra Corretora não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório, tampouco de comunicar o leitor deste relatório, salvo quando deixar de cobrir qualquer das empresas analisadas neste relatório. As opiniões, estimativas, informações e projeções aqui expressas constituem a opinião do analista no momento em que emitiu o presente relatório e podem ser alteradas sem qualquer aviso. Preços e disponibilidade dos instrumentos financeiros são apenas indicativos e estão sujeitos a alterações, independentemente de qualquer aviso. Os instrumentos discutidos nesse relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não considera objetivos de investimento, situação financeira e patrimonial ou interesses particulares de qualquer investidor. Os investidores devem obter ou realizar análise independente, considerando sua situação financeira e seus objetivos de investimento, antes de tomar uma decisão de investimento. Investimentos em títulos e valores mobiliários envolvem riscos, razão pela qual não há garantia de rentabilidade ou lucratividade de qualquer espécie. Os resultados obtidos com investimento em instrumentos financeiros podem variar e seu preço ou valor, direta ou indiretamente, pode subir ou descer. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros. A Safra Corretora ou qualquer empresa do Grupo Safra não pode ser responsabilizada por danos diretos, indiretos, consequentes, reivindicações, custos, perdas ou despesas decorrentes da decisão de investimento em títulos e valores mobiliários, esteja esta decisão lastreada ou não nas recomendações expressas neste relatório. Os riscos em investimentos dessa natureza podem implicar, conforme o caso, na perda integral do capital investido ou, ainda, na necessidade de aporte suplementar de recursos. Nenhuma parte deste documento poderá ser reproduzida, distribuída ou copiada, no todo ou em parte, para qualquer finalidade, sem o prévio consentimento por escrito da Safra Corretora. Informações adicionais relativas às companhias ora analisadas neste relatório poderão ser prestadas mediante solicitação. ANALYST O(s) analista(s) responsável(is) pela elaboração do presente relatório declara(m) que as opiniões aqui expressas refletem única e exclusivamente seu ponto de vista e opiniões pessoais, e foi produzido de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Safra Corretora. A opinião do analista, por ser pessoal, pode diferir da opinião constante dos relatórios eventualmente emitidos por outros analistas, pela Safra Corretora e/ou por suas afiliadas e subsidiárias. A remuneração do analista de valores mobiliários é baseada na receita total da Safra Corretora, sendo parte desta proveniente das atividades relacionadas ao banco de investimento. Desta forma, como todos os colaboradores da Safra Corretora, suas subsidiárias e afiliadas, a remuneração dos analistas é impactada pela rentabilidade global e pode estar indiretamente relacionada a este relatório. No entanto, o(s) analista(s) responsável(is) por este relatório declara(m) que nenhuma parte de sua remuneração esteve, está ou estará direta ou indiretamente relacionada a qualquer recomendação ou opinião específica contida aqui ou vinculada à precificação de quaisquer dos ativos aqui discutidos. IMPORTANT INFOMATION ABOUT SAFRA A Safra Corretora, suas controladas, seus controladores ou sociedades sob controle comum declaram que: Têm interesses financeiros e/ou comerciais relevantes e/ou recebe remuneração por serviços prestados às empresas ou fundos: AES Tietê; Alupar Investimentos S.A; Azul; B2W Digital; B3; Banco BTG Pactual; Banco Pan; BR Distribuidora; BR Malls; Braskem; CBD; CCR; Cemig; Cesp; Cielo; Copasa; Copel; Cosan; CPFL Energia S.A; CSN; CTEEP; Cyrela; Cyrela Commercial Properties S.A.; Direcional; Duratex; Ecorodovias; Eletrobras; Embraer; Energias do Brasil; Energisa; Engie Brasil; Equatorial; Estácio; Even; Eztec; Fleury; Fras-le; Gerdau; Gerdau Metalúrgica; Gol; Helbor; Hypermarcas; Iguatemi; Itaú; Itaúsa; JSL; Kroton; Light; Linx; Localiza; Locamerica; Lojas Americanas; Lojas Renner; Mahle Metal Leve; Marcopolo; Mills; Movida; MRV; Petrobrás; Porto Seguro; Raia; Randon; Rumo; Sabesp; Santos Brasil; Ser Educacional; Sul America; TAESA; Tecnisa; Tegma; Telefônica; Tenda; Tim; Tupy; Ultrapar; Usiminas; Vale; Via Varejo; Weg. Companhia de Gás de Minas Gerais – GASMIG; Kazzas Incorporações e Construções S.A; Klabin S.A, Hemisfério Sul Investimentos S.A.; JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento Imobiliário; Quasar FIP-IE; Pátria Edifícios Corporativos Fundo de Investimento Imobiliário – FII; Perfin Apollo Energia Fundo De Investimento em Participações em Infraestrutura – FIP; Raízen Energia S.A.; Notre Dame Intermédica Participações S.A; Companhia de Locação das Américas S.A; Marfrig Global Foods S.A.; Marisa Lojas S.A.