A Letra de Crédito do Agronegócio, ou LCA, é um investimento de renda fixa isento do imposto de renda para pessoa física. A partir desse ativo, as instituições financeiras obtêm recursos para conceder crédito para o agronegócio.

Com as LCAs, o investidor tem direito a receber recursos lastreados em empréstimos a produtores rurais e empresas do setor. Para conhecer melhor e investir nesse tipo de aplicação, acompanhe este artigo.

O que é LCA?
As LCAs são títulos atrelados ao setor do agronegócio. O investidor empresta recursos a uma instituição financeira, que repassa os valores a empresas do agronegócio interessadas em crédito.

Dessa forma, o setor agrícola do país passa a ter mais recursos para financiar suas atividades, podendo usar o capital em investimentos como expansões, compra de maquinário, reformas em geral e pesquisa de novas tecnologias para o campo.

Ao final do prazo da LCA, a instituição financeira emissora restitui o valor pago inicialmente mais os juros definidos no período.

O pagamento é feito independentemente do que ocorrer com os credores da instituição. O Safra realiza emissões de LCA, inclusive com títulos que oferecem pagamento semestral.

Como funciona a rentabilidade das LCAs?
Na maioria dos títulos disponíveis no mercado, a rentabilidade de uma LCA está atrelada ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário), que é um indexador comum para ativos de renda fixa no país. No entanto, as LCAs também podem ter rendimento prefixado ou atrelado ao IPCA, conforme explicaremos a seguir.

Tipos de rentabilidade em aplicações em LCAs

O rendimento de uma LCA é indicado de três formas:

  • Prefixado: é possível saber a taxa de juros exata que o título oferecerá no momento da compra. Assim, você sabe o quanto terá de rendimento no resgate do capital;
  • Pós-fixado: os rendimentos são variáveis, acompanhando as taxas de juros praticadas. Os títulos pós-fixados normalmente são descritos como uma porcentagem do CDI.
  • Misto: a rentabilidade oferecida é baseada em uma taxa prefixada e uma variável, que normalmente é o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

Como o imposto de Renda é calculado nas LCAs?
Por fomentar e aquecer um setor importante para o desenvolvimento do Brasil, o Governo Federal concede isenção do Imposto de Renda e do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para os rendimentos obtidos com a aplicação em LCA. Esse é um benefício concedido apenas para o investidor pessoa física.  

Esse é um dos motivos que torna as Letras de Crédito do Agronegócio atraentes para diversos tipos de investidores. Com isso, os ultraconservadores buscam a aplicação para diversificação em renda fixa e, os arrojados, para ter uma rentabilidade estável para uma parte do seu capital.

Existe cobertura do FGC ao investir em LCAs?

O Fundo Garantidor de Créditos oferece segurança adicional às LCAs, garantindo ressarcimento de até R$ 250 mil por CPF caso a instituição emissora do título não consiga arcar com os pagamentos como previsto.

Para investir com ainda mais segurança nesse tipo de aplicação, o ideal é aplicar em títulos que são emitidos por instituições sólidas e com longo histórico de atuação no mercado, como o Safra.

Como funcionam os prazos e a aplicação mínima para investir em LCA?

A LCA é um investimento com aplicação mínima bastante diversificada, com alternativas acessíveis para diferentes perfis.

Os títulos costumam ter um período de carência, ou seja, um período no qual não é possível solicitar o resgate do investimento. Esse é um fator que deve ser levado em conta por quem tem necessidade de liquidez imediata.  

Quer investir em LCA? Veja algumas vantagens

  • Isenção de IR para investidores pessoa física: a rentabilidade de uma LCA não é impactada pelo Imposto de Renda nem pelo IOF, já que a modalidade conta com isenção nas duas tributações;
  • Cobertura do FGC: ter a cobertura do Fundo Garantidor de Créditos faz com que o investimento seja mais seguro para o investidor;
  • Diversificação: como é uma aplicação que possui diversos valores de entrada e prazos para resgate, ela é muito visada entre todos os tipos de investidores, que podem ter uma diversificação de títulos maior na carteira;
  • Financia o setor agrícola: a LCA é um investimento no setor mais forte do país, segundo números do PIB (Produto Interno Bruto). Investir no título traz melhorias na infraestrutura e produtividade da área.

Invista em LCAs pelo Safra
Agora que você sabe o que é LCA, confira os títulos emitidos por nós, do Safra, que são exclusivos para nossos clientes. Além dos ativos que emitimos, em nossa plataforma você também tem acesso a LCAs de outras instituições. Nossos especialistas realizam um rigoroso processo de análise para selecionar os ativos que oferecemos aos nossos clientes. 

Ainda não é um cliente Safra? Abra a sua conta e tenha acesso ao nosso portfólio completo de produtos, desenvolvidos por quem leva o seu patrimônio a sério.