A resseguradora IRB Brasil RE recebeu uma boa notícia para sua avaliação de risco de crédito: a AM Best, agência global de classificação de crédito, afirmou que o rating de solidez financeira da companhia é excelente, com nota “A-“. Na mesma linha, o rating de crédito de emissor de longo prazo foi definido como “a-“. Até então, a nota estava sob revisão.

Nossa equipe de especialistas da Safra Corretora classificou a notícia como positiva para o IRB Brasil, uma vez que a companhia conseguiu manter a boa avaliação de risco com a AM Best, que é vista como uma das agências mais respeitadas na indústria de seguros.

Saiba mais:
Bolsa em 2021: Confira nossa projeção atualizada para o Ibovespa
Safra Report: Como montar uma carteira de investimentos em dezembro
Carteiras de dezembro: Onde investir em ações, dividendos, BDRs e FIIs

Essa avaliação é importante para o IRB Brasil manter clientes e os volumes dos contratos, avaliam nossos analistas, em nota assinada por Luis Azevedo e Silvio Dória.

No entanto, nossos especialistas lembram que a AM Best também demonstrou algumas preocupação quanto à rentabilidade da IRB Brasil no médio a longo prazo, instituindo a perspectiva negativa para a classificação de risco.  

Recomendação para IRBR3

A agência reconheceu que o IRB Brasil continua a implementar uma estratégia viável de recuperação, e que há a possibilidade de a companhia retomar a lucratividade após as renovações de 1º de janeiro de 2021. No entanto, há riscos de execução a serem considerados.

A recomendação para a ação IRBR3 permanece como neutra. O preço-alvo projetado para o final de 2021 é de R$ 7,80 por ação. No fechamento de ontem, a ação estava cotada a R$ 7,43.

Neste ano, o IRB Brasil Re anunciou uma transformação na gestão da companhia. Após vir a público práticas contábeis irregulares, o que demandou revisitar os números da empresa de 2019 e de anos anteriores, a companhia anunciou um novo conselho de administração em abril.