Títulos Públicos

Invista no produto de menor risco do mercado

Diversifique seus investimentos com Títulos Públicos Federais
Abra sua conta

O que são
Títulos Públicos?

Os Títulos Públicos Federais são títulos de Renda Fixa emitidos pelo Tesouro Nacional. 

Os Títulos Públicos são emitidos pelo Governo Federal com o objetivo de captar recursos para o financiamento da dívida pública e de atividades como saúde, educação e infraestrutura.

Ao investir em títulos públicos, você empresta dinheiro para o governo brasileiro, que, após o prazo determinado, te devolve o recurso acrescido de juros.

Como comprar Títulos Públicos

O investidor pode acessar os títulos públicos de três maneiras:

1) Pelo Tesouro Direto, programa do Governo Federal criado em parceria com a B3 para estimular investimentos em Títulos Públicos;

2) Por meio de fundos de investimento que tenham exposição aos papéis;

3) No mercado secundário através de instituições financeiras.

Como funcionam os Títulos Públicos

Ao decidir pela aplicação nestes papéis, o investidor deve considerar alguns fatores importantes:

Taxas dos Títulos Públicos
No Tesouro Direto, o Safra oferece taxa zero de administração para você investir. Porém, a B3 cobra uma taxa de custódia de 0,25% ao ano sobre o valor dos títulos.

O investidor também pode escolher uma instituição financeira e negociar os títulos diretamente com a mesma. No Safra, oferecemos esta opção sem custos transacionais e sem custódia.

Valor mínimo para investir em Títulos Públicos
É possível investir no Tesouro Direto a partir de 1% do valor de um título, ou seja R$30,00. Já para investir direto com uma instituição financeira, é necessário comprar 100% de um título.

O valor máximo que pode ser negociado também é diferente: enquanto no Tesouro Direto há um limite de R$ 1 milhão por mês por CPF, para negociação direta junto a uma instituição financeira essa restrição não existe.

Variedade de títulos
O Tesouro Direto disponibiliza um número menor de papéis e prazos a serem negociados enquanto que uma instituição financeira pode ter acesso a outras alternativas no mercado secundário.

Liquidez dos Títulos Públicos
O Tesouro Nacional recompra Títulos Públicos diariamente, garantindo liquidez diária dos títulos. O resgate de valores no Tesouro Direto é feito em 1 dia útil, já em uma negociação direta com uma instituição financeira, esse prazo pode ser flexibilizado.

Remuneração
dos Títulos Públicos

icon-calendar.svg

Prefixado

Você sabe exatamente qual será o rendimento do título no momento de investir.

icon-graphic.svg

Pós-fixado

Os ganhos seguem a taxa básica de juros da economia, a Selic.

icon-fork.svg

Misto

Parte da remuneração é prefixada na aplicação e a outra parte é pós-fixada, atrelada ao IPCA.

icon-calendar.svg Prefixado

Abrir/Fechar

Você sabe exatamente qual será o rendimento do título no momento de investir.

icon-graphic.svg Pós-fixado

Abrir/Fechar

Os ganhos seguem a taxa básica de juros da economia, a Selic.

icon-fork.svg Misto

Abrir/Fechar

Parte da remuneração é prefixada na aplicação e a outra parte é pós-fixada, atrelada ao IPCA.

Imposto de Renda

Os Títulos Públicos federais seguem a tabela regressiva do Imposto de Renda, com descontos retidos na fonte, como explica a tabela ao lado.

Prazo Alíquota
Até 180 dias 22,5%
De 181 até 360 dias 20%
De 361 até 720 dias 17,5%
Acima de 721 dias 15%

Diferenciais

O investimento em Títulos Públicos combina a segurança dos ativos de menor risco da economia pois, são garantidos pelo Governo Federal, alta liquidez, taxas atrativas e flexibilidade para auxiliar na diversificação e planejamento dos objetivos de vida do investidor.

Já é cliente Safra? Confira nosso portfólio de Renda Fixa e converse com um de nossos especialistas. Tenha os melhores profissionais do mercado trabalhando para você.

Fotografia fachada prédio Safra

Quer investir?
Abra sua conta

O Safra possui especialistas para te apresentar as melhores soluções de investimento para seu perfil e objetivo de vida.

Abra sua conta